quinta-feira, 11 de maio de 2017

Mãe, a árvore do paraíso.



Falar em ser mãe é quase tão vasto quanto falar da beleza de estar vivo. Nunca foi fácil ser mãe, mas nos dias de hoje parece uma prova de vida, não que eu seja contra a globalização do mundo moderno, mas a chegada da internet e seus vários acessos, nos pegarão despreparadas para tanta ausência de palavras e convivência familiar, mas não estou defendendo diretamente as mães não! 

Sei que muitas têm suas parcelas de culpa na história, quer um exemplo claro disto? Outro dia estava eu em um conceituado restaurante da região e vi perplexa uma mãe sacar um tablet e entreter seu bebê, que deveria ter lá pelos seus máximos 2 anos, virar de costas e acessar seu celular, nossa que cena triste...
a pequena criança até ficou mesmo entretido, mas vez por outra olhava para ela sorria e ela nem via, tentava esboçar pequenas palavras e ela nem percebia, triste.

Mas, continuando com o raciocínio do começo da nossa conversa, então, a chegada da internet no Brasil, acredito eu, à mais de 20 anos, não facilitou muito a vida dos pais, e menos ainda a das mães, além das muitas horas que os filhos querem estar ligados nas redes, elas nos roubam aquelas perguntas que os filhos só faziam as mães, e pior, a televisão nos tínhamos voz ativa e controle, era somente desligar e dizer: televisão somente quando terminar a lição de casa! Agora competir com os celulares é quase impossível! Existem aquelas mães que tentam, fazem os filhos deixarem os aparelhos em casa, mas coitadas e a escola? Tem aparelhos por todos os lados! 

Ultimamente fazer refeições sem eles ao lado do prato é algo fatigante que exige discussões e desgaste emocional. Sabe aquela frase brasileira: não ta fácil para ninguém, então não esta fácil para mãe nenhuma.

Ser mãe é algo realmente inenarrável, cada uma de nos guarda sua angústia de um dia ter que dizer um não, de um dia ter feito seu filho chorar para educa-lo, de um dia ter precisado sair ao invés de ficar, ter deixado sozinho quando o tudo que se queria era estar junto, ter visto a dor quando não se tinha o remédio, e tantos outro trocadilhos que o viver nos impôs... 

Mas, na minha opinião o que mais nos faz falta mesmo sem dúvida nenhuma, é o dizer: Mãe eu te amo, você faz o seu melhor!
Quando eles nascem nos os imunizamos com nosso leite materno e nosso amor infinito, e eles por sua vez, muitas vezes não sabem que nos imunizam com uma frase tão curtinha: Mãe eu te amo.

Você filho que lê estas despretensiosas palavras agora, não esqueça imunize sua mãe, presenteie com a maior de todos as lembranças:
Diga a Ela, Mãe Eu te amo!


Feliz dia das mães a todas estas maravilhosas Árvores do paraíso, presença eterna de Deus.




https://www.portraitart.com.br/blogger
 Mais beleza em qualquer ambiente! Acesse e conheça.


Preencha os campos abaixo para entrar em contato.
Não esqueça de preencher o campo com seu e-mail para respondermos, se for necessário.

Os campos marcados com "*" são obrigatórios.


Seu Nome: *


Seu E-mail: *


Sua mensagem: *


Leiam também.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas