sexta-feira, 19 de junho de 2015

Redes Sociais, este vício é bom ou é ruim?











Então você acorda, faz sua higiene matinal e corre para o Instagram, é o momento de postar a foto do seu café da manhã: 

Se sozinho, você posta lá que esta sozinho mais muito feliz porque esta comendo algo que faz supostamente bem a saúde. 

Se seu café da manhã é pela rua, você posta a foto de uma linda xícara de café de uma dita cafeteria, padaria e ou confeitaria qualquer,(de preferencia que todos conheçam) e se diz muito feliz e animado, indo para seu trabalho ou seu curso, ou sei lá o quê, e que terá um dia maravilhoso. 



Entretanto é claro, que antes mesmo de ter saído, você já deu aquela famosa passadinha pelo Facebook e viu e reviu os acontecimentos diários que já estão publicados no mesmo. Agora você já sabe o que seus amigos, ou simples desconhecidos, estão ou iram fazer no dia de hoje, evidentemente você também já postou algo como: 
Bom dia para todos, tenham uma ótima sexta-feira e coisas assim... No meio do seu dia milhares de chamadas no Whatsapp, a maioria de "amigos", enfatizando algo que aconteceu ou esta acontecendo. 


Finalmente na hora do almoço, antes mesmo de escolher o que vai comer, você já esta sabendo via Smartphone e ou Celular, o que seus "amigos" também estão comendo, e provavelmente também todos já estarão comentando algo louco, tosco, engraçado, revoltante ou apenas uma mera fofoca! 
Sim! Você já esta almoçando informações e continua as engolindo antes mesmo da sua primeira garfada em sua refeição! 
Você acha que a loucura terminou? Não! 
Após o cair da tarde, você já esta com sua caixa de e-mail superlotada de spans e emails marketing, e um ou outro novo e-mail com algum título inovador para chamar sua atenção. 

Ao voltar a sua residência, mesmo dentro do seu carro, condução pública, a pé ou sei lá como, novamente você já vem lotado de novidades, fotos, discussões, fofocas, fatos políticos, novas leis, absurdices pelo mundo e centenas de novos acontecimentos, é claro, dos quais dentro desta centena tem também aqueles poucos que somente postaram: 
Eu concordo para algum fato novo. Isso sem nem entrar muito a fundo em tudo que você já deve ter tido de informação, (nem sempre necessária) sobre o PinterestTwitter e etc. 


Resumindo, finalmente seu dia esta acabando você esta agora na sua cama, é claro o celular ao lado no criado mudo, ou ainda você é daqueles loucos  que guardam o celular em baixo do travesseiro, e o seu dia chegou ao fim...
Uffa!  Então você  me dirá:
De tudo que você me falou o que tem de diferente no meu dia? afinal isso acontece comigo e com todo o resto da humanidade em todo nosso planeta.
Então porque será que estou abordando um assunto tão corriqueiro, tão normal do dia-a-dia de nos, seres HUMANOS?
A pergunta é simples:
Você consegue só por um dia viver sem nenhuma informação de Rede Social?

Ou melhor, você acha normal vivermos assim? 
Sabe, tenho saudades dos dias em que nossas maiores perguntas sobre os meios de comunicação, eram sobre o que iria acontecer no capítulo seguinte da novela, do tipo:
QUEM MATOU ODETE ROITMAN?
Ou ainda, quando será o lançamento daquele livro tão esperado, ou daquele filme que ninguém sabe o final.

De repente vivemos em um mundo onde todos sabem tudo da vida alheia, e não sabem sobre si mesmo, mas mostram suas vidas a todos.
Existem grupos no Whatsapp que informam cada passo que dão, chegam ao absurdo de dizer coisas do tipo:
Estou aqui na agência bancária pessoal, saiu o aumento, acabei de receber o meu e já estou indo para "tal" lugar.  

Depois as pessoas reclamam de como a bandidagem anda avançada nos furtos e violências, mas será que esta coisa de mostrar cada passo do seu dia não é um prato feito para os bandidos?
Não sei não, vejam bem, não estou criticando ninguém, afinal sou como muitos e tenho também grande acesso a várias Redes Sociais, também sou como muitos, que já não compram mais jornais, afinal é só ir até um destes milhares de sites e saber tudo o que aconteceu, irá ou esta acontecendo, mas me pergunto se tudo isto é positivo em nossas vidas.

Já não acessamos a informações e textos sem que neles não se tenha um título atrativo do tipo:
Aprenda 100 maneiras de fazer tal coisa.
Agora quando queremos informação vamos direto no Google e digitamos automaticamente a solução para nossas questões diárias, tem até gente que nem vai mais a médicos, afinal digite o que procura e pronto! é mágico!
Mas será isto positivo? estamos mesmo condenados a sermos cada vez menos pessoais e mais digitais? Não sei, e você?

Leiam também.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas