segunda-feira, 16 de março de 2015

O que seu filho quer ser? FELIZ!



Você sabe o que seu filho quer ser quando crescer? Feliz!

É isso mesmo! Seu filho quer ser apenas Feliz! A profissão que ele escolherá para exercer é apenas uma ponte para complementar a felicidade desejada. 
Mas para que ele consiga edificar essa felicidade, precisa muito de você! Os pais são como os “Engenheiros” que fazem o calculo estrutural de uma obra para que seja edificada com segurança e não venha desmoronar no futuro, ou ser embargada antes de ser concluída. Sendo que esse calculo é muito mais complexo do que os cálculos feitos para uma obra de alvenaria.

 Ele chama-se EDUCAÇÃO!
Quem pensa que educar é apenas matricular em uma instituição de ensino, engana-se! A escola nos recheia de conhecimentos de extrema importância para o presente e o futuro. Mas quem educa são os pais! São eles que conduzem os filhos a um futuro promissor. 
Educar não é fácil! Exige amor, dedicação, perseverança, renuncias... Mas é extremamente prazeroso! Ver um filho trilhar pelo caminho do bem, edificar seus sonhos... Brilhar no futuro é muito gratificante!

Mantê-lo matriculado em uma escola é imprescindível, mas esse é apenas um dos primeiros passos, e o mais fácil! O mais difícil e tão importante quanto à educação escolar, é a educação ministrada em casa. Não basta matriculá-lo em uma escola e alimentá-lo! É preciso participar, interagir, dialogar, ensinar, mostrar o caminho a trilhar... Em fim, ser pais por 24 h ininterruptas. Como fazer isso? Não é muito fácil! Mas é hiper compensador e possível. 
Constantemente vejo pais em frente à delegacia, após a prisão de um filho, chorando e se perguntando:
 ONDE FOI QUE ERREI? 

Na maioria das vezes o erro foi em não criar limites. E quando o limite é desconhecido, o limite do próximo e o da lei são desobedecidos. E quando isso acontece, o resultado é o rigor da lei. E somos obrigados a observar, mergulhado em dor, a liberdade de nosso filho ser cerceada. E com ela seus sonhos e a felicidade almejada!
A maioria dos pais acredita que seus filhos só sentirão amados por eles, se sempre lhe disserem SIM. Um engano! Dizer não, também é uma forma de amar. Quando dizemos NÃO, criamos limites. Limites esses que poderão direcionar sua vida, mantendo-os trilhando pelo caminho do bem e da responsabilidade. Outro erro, muito cometido, é o de não procurar saber quem são os amigos de nossos filhos. Com quem se relacionam... (O que eles fazem. Se estudam... Se são bons alunos... Se têm vícios...). Para onde vão... O que fazem onde se divertem... É necessário darmos uma liberdade vigiada. Não esqueçam nunca: 
AS MÁS COMPANHIAS SÃO O PASSAPORTE PARA O CRIME!

Diálogo! Essa palavra faz milagres na educação. É de extrema importância! É necessário conversar com seu filho, mostrando o caminho a trilhar. Mostrar-lhe a verdade sem censura! Leve-o para visitar clinicas de dependentes químicos. Para que vejam o mal que as drogas causam ao organismo. Mostre-os nos noticiários os problemas causados pelas drogas. Que na maioria das vezes, até levar o usuário a uma clinica de recuperação ou a cadeia, quando não é morto antes, ela já destruiu todos seus sonhos, desestabilizou toda a família... Leve-o para visitar uma cadeia. É preciso que veja com seus próprios olhos o que é uma privacidade de liberdade. 
PRECISA MOSTRAR A REALIDADE A ELE, SEM CENSURA! 


“Muito diálogo, buscando sempre orientá-lo em como agir e não agir”. 
Pois a “VARA QUANDO VERDE ENVERGA. APÓS SECA, QUEBRA, MAS NÃO ENVERGA”. Puna quando necessário for, sem temor. Pois como dizia minha mãe: “A galinha sabe como pisar em seus pintos. A polícia não!”. Muito embora eu creia que agindo assim, dificilmente precisará puni-lo. 

Ensine-o sempre a fazer. Mas jamais faço para ele! Se agir assim, ele aprenderá a caminhar sozinho e trilhará sempre pelo caminho do bem, indo de encontro ao que almeja.
Ser FELIZ! 

Pedro Chagas
 (Um TIRA METIDO a ESCRITOR!

Apenas Amor...



Tenho andado calada, muito introspectiva,
por mais que viva, ainda me emociono com as pessoas,
graças a Deus quase todo dia,
nem sempre é claro, de maneira positiva,
mas viver é isso, e não reclamo, pelo contrario!

Nasci com alma itinerante, sou meio pássaro,
e apesar de voar pouco, não deixo de enxergar
a poesia da vida, e por isso me classificam como louca!


Mas nem ligo, se ser louca é isso?
Sou louca de nascença e amo ser!
Vejo loucura no céu nublado,
nos olhos de quem não tem muito o que dizer,
vejo loucura, nos que acreditam no amor.


Não no amor de grandes gestos e nenhum sentimento,
nestes que ligam o dia inteiro, que cercam e fingem ser!
Não!


Vejo no amor que chega todo dia,
que fala e cala com beijos,
amor que é mais que poesia,
amor calmo, sem dislexia, sem bipolaridades,
sem falsos romantismos.


Amor sem dinheiro para gastar,
mas com carinho de sobra para dividir.
Para dias intermináveis de conversas,
sem muito publico para interpretar,
mais com a arte de somar e amar e amar.


Amor que para muitos nem existe,
amor que para outros tantos é água e açúcar.
Mas já disse antes e repito,
tenho a teimosia de acreditar,
e nem me importo ou se quer lembro.


O que tenho é meu e é imenso,
a minha ternura de gigante,
e minha fé naquilo que penso...


Kcris Ramos

Leiam também.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTAGENS MAIS PROCURADAS